BADY BASSITT CONTRA O COVID-19

Postado dia 18/03/2020

A Prefeitura de Bady Bassitt, através de suas Coordenadorias Municipais de Saúde e Comunicação Social, está desenvolvento informativos e orientações para o combate ao COVID-19 em nossa cidade. Os materiais seguirão as diretrizes de orgãos competentes (Governo Estadual, Federal e outros). Nossa intenção é deixar o morador de Bady Bassitt bem informado e consciente, evitando a contaminação comunitária do vírus em nosso município.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS SOBRE O CORONAVÍRUS EM BADY BASSITT

QUAIS MEDIDAS A PREFEITURA DE BADY BASSITT TOMOU PARA EVITAR A TRANSMISSÃO DO CORONA VÍRUS NA CIDADE?
  1.  Todas as aulas e demais atividades nas escolas e creches municipais serão suspensas a partir do dia 23/03 por tempo indeterminado;
  2. O Parque Ecológico municipal terá seu funcionamento suspenso a partir do dia 20/03 por tempo indeterminado;
  3. O Ganha Tempo Cidadão cancelou todos os agendamentos para emissão de RG e está prestando atendimento por telefone;
  4. Servidores públicos com 60 anos ou mais, ou pertencentes ao grupo de risco do Covid-19, terão que se afastar de suas locações para realizar seus trabalhos em cas (home-office), exceto profissionais da saúde;
  5. Profissionais da área de saúde não poderão tirar férias ou afastamento;
  6. O transporte escolar está suspenso e deverá voltar o atendimento junto às escolas;
  7. As atividades esportivas estão suspensas por tempo indeterminado;
  8. A Biblioteca Municipal Monteiro Lobato está fechada para atendimento até o dia 16/05;
  9. O Centro de Convivência do Idoso está com suas atividades suspensas até o dia 16/04;
  10. Uma campanha de conscientização será feita junto ao comércio da cidade.
  11. Atendimentos suspensos em todas repartições públicas a partir do dia 23/03;
  12. Circular municipal suspenso por tempo indeterminado.
  13. Seguindo decreto estadual, a cidade passa a situação de QUARENTENA a partir do dia 24/03.

 

PRECISO DE UMA SEGUNDA VIA DE IPTU OU CONTA DE ÁGUA. COMO CONSEGUIR SEM SAIR DE CASA?

•  Através do site www.badybassitt.sp.gov.br você pode clicar no baner "Serviços ao contribuinte" e solicitar a segunda via do serviço desejado.

 

PRECISO ATUALIZAR OU CANCELAR MEU CADASTRO NO PROGRAMA MINHA CASA CDHU. COMO FAÇO SEM SAIR DE CASA?

•  O Ganha Tempo está prestando atendimento por telefone (3818-5180) ou por whatsapp (99632-6049). Somente será feito agendamento para atendimento pessoal em caso de extrema necessidade.

 

O QUE É O CORONAVÍRUS?

• Os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais.

• Geralmente, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. Porém, alguns coronavírus podem causar doenças graves com impacto em termos de saúde pública, como já verificado com a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), identificada em 2002 e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.
 

QUAL É A DIFERENÇA NESSE NOVO CORONAVÍRUS PARA OS OUTROS (SARS E MERS)?

• A doença provocada pelo novo Coronavírus é denominada oficialmente como COVID-19, sigla em inglês para “coronavirus disease 2019” (doença por coronavírus 2019, na tradução).

• Vírus que causa doença respiratória pelo agente coronavírus, com casos recentes registrados na China e em outros países.

• Quadro pode variar de leve a moderado, semelhante a uma gripe. Alguns casos podem ser mais graves, por exemplo, em pessoas que já possuem outras doenças. Nessas situaçōes, pode ocorrer síndrome respiratória aguda grave e complicações. Em casos extremos, pode levar a óbito.
 

EXISTE VACINA PARA PREVENÇÃO AO CORONAVÍRUS?

• Até o momento, não. No entanto, cientistas ao redor do mundo e também aqui em SP, como as equipes do Instituto Butantan, já iniciaram pesquisas para um possível desenvolvimento de vacina. Ainda é precoce indicar se e quando ela estará disponível no mundo.
 

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DO CORONAVÍRUS?

 • Os sinais e sintomas clínicos são principalmente respiratórios, semelhantes aos de um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.

• Os principais sintomas são:

O CORONAVÍRUS PODE MATAR?

• O óbito pode ocorrer em virtude de complicações da infecção, como por exemplo, insuficiências respiratórias. Os dados mais recentes da OMS (Organização Mundial da Saúde) indica uma taxa de letalidade de 2 a 3% dos casos confirmados.
 

COMO OCORRE A TRANSMISSÃO DO CORONAVÍRUS?

• As investigações sobre transmissão do novo coronavírus ainda estão em andamento. Neste momento está estabelecida transmissão por contato com secreções. A transmissão pode ocorrer de forma continuada, ou seja, um infectado pelo vírus pode passá-lo para alguém que ainda não foi infectado.

• A transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

• Alguns vírus são altamente contagiosos, como o sarampo, que é transmitido por aerossol (partículas no ar), com proporção de transmissão de uma para até 18 pessoas, em média.

• O conhecimento já registrado sobre os coronavírus, indicam que eles apresentam uma transmissão de uma para até três pessoas.

COMO SE PREVENIR CONTRA O COVID-19?

• As principais dicas são:

COMO É A PREVENÇÃO CONTRA O CORONAVÍRUS PARA OS PROFISSIONAIS DE SAÚDE?

• Os profissionais de saúde devem utilizar medidas de proteção padrão para contato e gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

• Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizada máscara de precaução por aerossóis tipo N95.

 

O QUE FAZER EM CASO DE SINTOMAS?

• Assim que os primeiros sintomas surgirem, o paciente deve procurar o serviço de saúde mais próximo da sua residência. O profissional vai avaliar se os sintomas podem indicar alguma probabilidade de infecção por coronavírus, coletar material para o diagnóstico e iniciar o tratamento.

• A infecção apresenta manifestações clínicas parecidas com a de outros vírus e não existe tratamento específico para infecções por coronavírus até o momento.

• Dessa forma, no caso do novo coronavírus é indicado:

• Pacientes com sintomas mais intensos podem ser hospitalizados. A definição compete ao médico responsável pelo caso.

 

QUAL É A DEFINIÇÃO DE CASO SUSPEITO?

• Caso comunicado no sistema do Ministério da Saúde que se enquadra na definição de caso estabelecida pela OMS. Lembrando: pacientes que apresentam sintomas respiratórios, como febre e tosse e viajaram para a China ou país com transmissão no território; pacientes que contataram alguém que viajou para este(s) destino (s) ou teve contato com um caso suspeito ou confirmado.

 

QUAL É A DEFINIÇÃO DE CASO PROVÁVEL?

• Caso comunicado no sistema do Ministério da Saúde que se enquadra nas definições de caso estabelecida pela OMS, mas apresentou resultados não conclusivos para os exames realizados. Nesse caso, os laboratórios de referência farão reanálise.

 

QUAL É A DEFINIÇÃO DE CASO CONFIRMADO?

• Caso comunicado no sistema do Ministério da Saúde que se enquadra nas definições de caso estabelecida pela OMS, e apresentou resultados conclusivos para os exames realizados, com positividade para o novo coronavírus.
 

ONDE É POSSÍVEL CONSULTAR NÚMEROS DE CASOS SUSPEITOS E CONFIRMADOS EM SP, BRASIL E MUNDO?

• Nos canais oficiais da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Não divulgue conteúdos que não tenham sido produzidos por fontes confiáveis. Evite a disseminação de fake news.

• Sites indicados: saopaulo.sp.gov.br/coronavirus/ www.saude.sp.gov.br

Facebook: www.facebook.com/spsaude/

Twitter: twitter.com/spsaude_

Instagram: www.instagram.com/saude_sp/

 

O QUE UMA PESSOA COM SINTOMAS DEVE FAZER?

• Deve procurar o serviço de saúde mais próximo de sua residência, como um Pronto Atendimento, para análise inicial. Se o quadro for compatível com a definição de caso, esse serviço de saúde deverá seguir o fluxo estabelecido pela Secretaria de Estado da Saúde. 

 

CASOS SUSPEITOS TÊM SIDO MANTIDOS EM ISOLAMENTO DOMICILIAR. POR QUE E O QUE ISSO SIGNIFICA? 

• O isolamento familiar é uma conduta prevista pelo Ministério da Saúde e que pode ser indicada pelo médico, a depender da condição clínica do paciente. Consiste basicamente em manter a restrição de contatos com pessoas e ambientes externos, para evitar a circulação do vírus. 

 

NO ISOLAMENTO DOMICILIAR, QUAIS CUIDADOS O PACIENTE DEVE TER/RECEBER DOS FAMILIARES?

• Nessa condição, o paciente deve ser mantido em casa, recebendo cuidados como hidratação e repouso. Os familiares devem tomar as precauções já indicadas, como evitar compartilhamento de objetos pessoais, contatos com secreção do paciente e higienização constante das mãos e do ambiente.

 

QUAL O PLANO DA SECRETARIA DA SAÚDE PARA MONITORAR E CONTER A EXPANSÃO DE CASOS?

• Todas as medidas serão realizadas com base nas definições da OMS e do Ministério. Em São Paulo, o Governo do Estado já tomou diversas providências.

• Centro de Contingência: criado para monitorar e coordenar ações contra a propagação do novo coronavírus. Este grupo trabalhará de forma integrada com o Centro de Operações de Emergências (COE) que havia sido implantado anteriormente pelo Governo do Estado.

• Dentre as definições do centro, destaca-se a definição dos hospitais de referência, com unidades de alta complexidade. O Centro de Vigilância Epidemiológica irá capacitar ainda mais de 3 mil profissionais da área de saúde ao longo das próximas semanas em todo Estado.

• O Instituto Adolfo Lutz está preparado e possui kits diagnósticos para analisar amostras e realizar contraprova de laboratórios particulares, se preciso.

• O centro contará com profissionais especialistas das redes pública e privada, com ênfase na área de Infectologia, sob a supervisão do Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann, e coordenação do médico infectologista, David Uip. A lista inclui o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, e os professores Marcos Boulos (HCFMUSP), Esper Kallas, (HCFMUSP), Luiz Fernando Aranha (Unifesp), Carlos Fortaleza (HC de Botucatu) e Benedito Maciel (HC de Ribeirão).

• Plano de Risco e Resposta Rápida: criado em janeiro e divulgado dia 24, antes mesmo da notificação dos primeiros casos suspeitos no Estado.

• Centro de Operações de Emergência (COE) de SP específico para coronavírus: intersecretarial, com profissionais de saúde estaduais e representantes dos municípios.
 

O QUE AS PESSOAS QUE TIVERAM CONTATO COM PACIENTES SUSPEITOS DEVEM FAZER?

• Valem as dicas básicas de cuidados de prevenção e prestar atenção em eventuais sinais ou sintomas. Caso aconteça, é fundamental procurar um serviço de saúde.
 

É RECOMENDADO O USO DE MÁSCARAS DE PROTEÇÃO?

• No momento, não há recomendação para uso de máscaras para a população em geral. Quem estiver saudável, não precisa se preocupar. Mas todos devem, sempre, fazer a higienização das mãos com água e sabão ou álcool gel, e evitar contato com mucosas de nariz, boca e olhos. São cuidados simples, importantes e que devem ser diários para prevenir qualquer tipo de doença.
 

QUAIS CUIDADOS PARA QUEM USA TRANSPORTE PÚBLICO, COMO ÔNIBUS?

• Não é necessário usar máscaras, no momento. As recomendações são para cada pessoa seguir e repassar a amigos e familiares as dicas de prevenção, sobretudo a higienização das mãos. 
 

CARTAZ DE ORIENTAÇÕES