Tobardini volta a cobrar CPFL; abaixo-assinado será enviado ao MP

O prefeito de Bady Bassitt, Luiz Tobardini, preocupado e atendendo as mais diversas reclamações de munícipes relacionadas ao fornecimento de energia elétrica na cidade, voltou a tomar providências e cobrar a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), concessionária responsável pelo serviço.

Em entrevista à TV Tem, afiliada da Rede Globo, nesta terça-feira, o chefe do Executivo lançou um abaixo-assinado para reunir mais de 15 mil assinaturas cobrando sobre o assunto. O documento, posteriormente, será encaminhado à Agência Nacional de Energia Elétrica, Fundação Procon, imprensa e Ministério Público. Em menos de duas horas, mais de 300 assinaturas já haviam sido colhidas. Desde 2007 são diversos os transtornos sofridos pela população decorrente aos picos de energia. Somente na noite desta segunda-feira, entre 19h e 21h, quatro ocorrências foram registradas.

As constantes quedas danificam os painéis e as bombas das caixas d’água da cidade, gerando prejuízo no abastecimento. Desde a semana passada a população de Bady Bassitt sofre com o problema. Diversos bairros sofrem com a situação, que poderia ser evitada se a concessionária de energia atendesse a expectativa e investisse em melhorias.

Em 2017, Tobardini protocolizou requerimento na empresa, questionando sobre o problema e solicitando, para o mais breve possível, que seja fornecido, de maneira clara e objetiva, justificativa para o aumento das intercorrências. “Temos o maior respeito pela companhia, mas, como prefeito, tenho o dever de cobrar uma melhoria significativa no serviço. Há uma demanda por parte da população, que está cansada de ser prejudicada”, afirma Tobardini.

“Há muito nossa cidade vem enfrentando falhas sistêmicas no fornecimento de energia elétrica. São quedas rotineiras e sucessivas que, nos últimos meses, cresceram consideravelmente ultrapassando os limites da tolerância. Quero explicações e melhorias, o mesmo desejo de todos”, completa.

Além de protocolizar o requerimento na sede da CPFL, Tobardini também levou o problema ao Procon, à época.

 

Melhorias

Ao contrário de Fake News que vem sendo divulgado nas redes sociais por pessoas que desconhecem os investimentos que vêm sendo feito pelo Poder Público, o prefeito ainda esclareceu sobre licitação que está em andamento na Prefeitura para contratação de empresa especializada para a manutenção do setor de água e esgoto. Ao fim do processo, com a abertura dos envelopes e assinatura de contrato, a empresa vencedora do certame será a responsável pelos serviços, reparos, atendimento ao munícipe, entre outras funções, e não pela água da cidade.

Tobardini ainda volta a se comprometer com a população: “enquanto for prefeito de Bady, esse assunto não fará parte da nossa pauta. Estamos melhorando os serviços e jamais terceirizaríamos a água. Até porque, para isso, necessitaríamos de um aval da Câmara Municipal e não há, em hipótese alguma, projeto que diz respeito a esse assunto”, finaliza.

 

Abaixo-assinado

Para quem quiser colaborar com a Prefeitura, assinando o abaixo-assinado, segue o link: https://goo.gl/X5xPs9

 

 Assessoria de Comunicação

Comentários

Indique para um amigo

Use este formulário para indicar esta postagem para um amigo.

Mais notícias sobre Cidade